26/02/2016

O namoro, acabou.

Olá leitores, tudo bem?

Depois de longos meses, sem vir aqui dar uma explicação, eu voltei. Voltei como o Glenn de The Walking Dead (se não viu, veja). Muita coisa aconteceu nesses meses que sumi: namoro acabou, fui demitida, amizades se foram, amiga que faleceu, baladas, bebedeiras, litros de lágrimas derramadas, amizades refeitas, enfim muito drama para um único post. Alguns meses atrás estive pensando em mudar o rumo do blog, querendo deixar ele mais pessoal, e agora finalmente estou pronta. Chega de blá blá blá e vamos voltar ao foco.



TERMINAMOS
3 anos, 6 meses e 13 dias de altos e baixos, risadas e lágrimas, momentos bons e ruins, não digo que foi um desperdício, porque foi bom enquanto durou, mas agora que realmente acabou, eu vi que estou melhor sem ele. Tenho meus maus momentos, na realidade quase que diariamente. A famosa BAD, não é como nos filmes, muito pelo contrário, o término dói e muito, você até vai sair com as suas amigas, beber, ir a baladas, ficar com outros garotas, baixar o Tinder, transar adoidada, mas em algum momento a lembrança desse alguém irá voltar, em algum momento você vai stalkear as redes sociais dele(a), chorar e se perguntar se o errado foi você. Mas não pense isso, não se culpe por algo que um dia iria acabar.
Sabe aqueles filmes de comédia romântica que falam sobre términos? Então, TUDO MENTIRA kkk. Na vida real, você não vai terminar em um dia, sair com as amigas no outro, e na semana seguinte encontrar a pessoa que irá fazer você esquecer tudo, (isso pode acontecer, mas não é uma regra). 
Hoje faz exatamente 2 meses que terminei, eu ainda penso nele, ainda choro, ainda sofro, porém não tanto quanto há 1 mês atrás. Não existe uma fórmula para esquecer, não existe "10 passos para esquecer o(a) Ex", isso são coisas comercias. Lide com a sua dor, faça uma lista do que você sente falta e do que não sente, converse, saia, conheça pessoas, viva o momento, aprenda a amar a sua companhia, leia, vá ao cinema, não se prenda por "estar sozinho”, use esse tempo para desfrutar da sua própria companhia. Viva cada dia, o nosso cérebro é programa para acostumar-se com todo tipo de sentimento ou a falta dele, não se esqueça: Amar é uma droga! (literalmente, porque para o  nosso cérebro a sensação é mesma, por isso amar vicia kkk).
Leitores lindos, aqui segue uma lista de livros leves e fofos, para você ler e distrair a cabeça, são livros leves, e engraçados: 
Lola e o garoto da casa ao lado: já tem resenha desse livro, aqui no blog, clique AQUI
O Diário de Bridget Jones: Como todos já viram nos filmes, o livro é tão maravilhoso quanto, solteira, em constante processo para emagrecer e parar de fumar, Bridget anota tudo em seu diário.
Os Adoráveis: Jeane, é uma blogueira, muito bem conceituada, porém sua atitude Adorkable, não é bem vista em sua escola.




Amar dói, porém é inevitável, mas nem todo amor machuca, curta a bad mas por apenas um tempo.
Beijos leitores, espero que tenham gostado
<3

6 comentários:

  1. Vou fazer a lista de coisas que sinto falta e das que eu não sinto.
    - sinto falta do sexo disponível sempre.
    - não sinto falta de mais nada.
    Acabou a lista ashuhsashuhsashu
    Post MARAVILHOSO ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha,Sexo disponivel.
      Logo também não sentirei falta de absolutamente nada <3

      Excluir
  2. Post mara Biah, já estava sentindo falta. Bjs!

    ResponderExcluir